Capítulos



Fragmento 1

A vida em duas faces:
ora alegria,
ora tristeza.
Duelo –realidade em mim..
As perguntas sem respostas,
os olhares sem brilho,
as palavras sem sentido...
O desejo que não se consome,
a promessa que não se cumpre,
o ser que não se expressa...
O grito que de tanto calar virou silêncio profundo,
a voz que não mais quer sair,
a garganta seca de sentimentos, de palavras, de emoções...
O dueto que há na alma.
O bem que quer acontecer.
O mal que às vezes vence!
Oh, humanidade fragmentada que traz em si tantos pedidos de superação!
Por que tantas divisões?
Por que tantas rupturas?
Não poderia ser mais fácil?
Hoje tudo chora dentro de mim...

Fragmento 2

No silêncio do amor procuro uma resposta...
Tudo se cala.
Tudo espera.
Tudo pressupõe.
O tempo passa e nada acontece...
Mas, ainda estou aqui!
A esperar...
A esperar...

Fragmento 3

Choro...
Grito...
Olho...
Silencio...
E, tudo se refaz!

Poesia por Vall Senna, Consagrada Comunidade de Vida em Tatuí.